Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um minuto de alma

Um minuto de alma

12
Jul18

Aquela ilha

CB

Quando cheguei ao local de trabalho ouvi uma colega dizer: "preciso de uma ilha para fugir e passar por lá uns tempos."

Aquela frase ficou na minha cabeça. Não que não a tivesse ouvido já mas porque pude perceber que somos pessoas diferentes num mundo esquisito mas com fragilidades muito semelhantes.

Não aceito tudo o que o mundo me propõe, umas vezes acho que por rebeldia, outras porque acho que não tenho que deixar que o mundo me transforme , não sigo os seus parâmetros. Nem me vejo na obrigação de os seguir. O Preço disso é muito alto.

Três coisas no mundo não entendo: a inveja, a falta de altruísmo e a maldade gratuita. Vivemos num mundo vazio, oco de sentimentos. E um mundo assim cansa, desgasta e faz-nos ganhar defesas que não seriam supostas ficar em nós. 

Creio que o suposto seria a comunhão entre uns e outros, a mão estendida, o respeito por uns e outros.

Até lá, até que o suposto seja a realidade do mundo em que vivemos vou tentando dar o melhor de mim e trocando alguns passos com aquele silêncio que também a mim me leva de viagem até essa ilha.

Até á ilha individual que todos nós temos no fundo da nossa alma. 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D