Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um minuto de alma

Um minuto de alma

13
Jul18

Bicho do mato

CB

Aqui a pessoa é bicho de mato. Foge de multidões, procura o silêncio e tudo o que tenha mais de dez pessoas já se torna sacrilégio suportar (um pouco de exagero mas é quase assim).

Hoje vou estar num convivío em que acho que vai estar meio planeta, não é bem meio planeta mas são mais do que as dez pessoas supostamente por mim suportadas ( e tenho mesmo que ir)

Passo a explicar:

1. O barulho teima invadir-me o cerébro mas até aí tudo bem porque digo meia parvoíce e a coisa disfarça

2. O barulho transtorna-me a alma e aí já é mais grave porque não há dor pior que a dor de alma (literalmente verdade)

3. Eu prefiro a companhia daquela pessoa sempre presente, reconforta-me o ser

4. Muita gente junta não conversa, diz palavras soltas (blá blá blá)

5.Gosto do meu canto e sei que ás vezes tenho de sair mas é uma superação pessoal

6. Até sou de fácil acesso e de fácil adaptação ainda que por dentro me apeteça fugir

7. Estou a pensar que se o vinho for tinto a coisa fica mais fácil

8. Copo e meio e já me rio por tudo e por nada

9. Ainda falta muito para amanhã?

10. Vai correr tudo bem

 

( corre sempre mesmo que eu fique de rastos  )

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D